21 de abril de 2018

“Bolsonaro não representa o Exército” diz general Comandante Militar do Sul


Gabriel Jacobsen
Porto Alegre (RS) – Após participar de cerimônia na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (17), o general Edson Leal Pujol, comandante Militar do Sul, avaliou que o Brasil não deseja governos militares. Segundo ele, a população acredita em valores associados às Forças Armadas, mas não quer que elas comandem o país.

— Uma parcela das pessoas tem se manifestado, por diversos meios, dizendo que confia nas instituições militares. Mas não que quer que o país se transforme em um militarismo. Vivemos um período de turbulência, a população enxerga nas instituições militares valores éticos e morais. Não vejo que estejam buscando o militarismo para o Brasil — avaliou.

O comandante também disse não haver riscos de que o país passe agora por um processo semelhante ao de 1964 – quando começou o regime militar – porque, segundo ele, não há a polarização mundial percebida à época.

— Se nós analisarmos historicamente, os períodos são distintos, até mesmo na área internacional. O mundo vivia um cenário bipolar, um movimento internacional buscando expandir a doutrina socialista e comunista em muitos países. Hoje vivemos muito mais uma crise interna, não por questões ideológicas — disse.

O general também minimizou as afirmações feitas pelo comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, que se manifestou, na véspera do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula pelo Supremo Tribunal Federal (STF), apontando que a instituição “compartilha o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade (…), bem como se mantém atento às suas missões institucionais”.

Para Pujol, o entendimento de setores políticos de que a afirmação de Villas Bôas foi uma tentativa de pressão sobre o STF não procede.

— Essa interpretação sobre a manifestação do comandante do Exército é muito diversa. Não foi essa (de pressão) a intenção do comandante do Exército. Nós nos colocamos pelo princípio da legitimidade e da legalidade.

Pujol ainda falou sobre o pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL-RJ) que, para ele, não representa o Exército brasileiro, sendo apenas um militar reformado que “há muito tempo está na vida política”.

— Bolsonaro não representa o Exército (…) muitas das ideias que externa, ele aprendeu na vida militar, mas ele não é um candidato do Exército ou um candidato militar — disse.

Pujol foi um dos mais de cem militares que acompanharam o período do Grande Expediente da sessão da Assembleia desta terça-feira. Por proposta do deputado Bombeiro Bianchini (PR), o ato homenageou o Dia do Exército, celebrado em 19 de abril.

FONTE: ZERO HORA

Morre o cineasta Nelson Pereira dos Santos

Nelson nasceu dia 22 de outubro de 1928, em São Paulo
Morreu neste sábado, 21, aos 89 anos, o cineasta Nelson Pereira dos Santos, um dos nomes importantes do Cinema Novo. Ele estava internado havia uma semana no Hospital Samaritano, na zona sul da cidade. Às 17 horas, a família confirmou a morte, em consequência de um câncer de fígado diagnosticado há 40 dias.
Diretor de filmes fundamentais da história do cinema brasileiro, como Rio, 40 graus (1955) e Vidas secas (1963), ele realizou os últimos longas em 2012, os documentários musicais A música segundo Tom Jobim e A luz do Tom. Além de dirigir, era também roteirista de seus filmes.
"Ele estava ótimo, não estava doente. Foi internado com uma pneumonia, na semana passada, que cedeu. Estava lúcido, mas cansado. Morreu sem dor, uma morte tranquila, com toda a família reunida", disse a publicitária Mila Chaseliov, sua neta.
Nelson teve quatro filhos e cinco netos. "Foi um avô muito presente. A gente tinha muitas discussões intelectuais. Foi quem me ensinou a tomar uísque, num show, aos 19 anos. Eu me senti muita adulta na hora", contou.
O cineasta participou da formação intelectual de netos, lembrou Mila. "Eu descobri como ele era importante ainda na escola. Todo mundo que eu encontro, quando descobre que sou neta do Nelson, fala do quanto ele é incrível."
Em 2006, Nelson foi eleito para a Academia Brasileira de Letras, na sucessão do diplomata Sergio Corrêa da Costa. Passou a frequentar a Casa de Machado com assiduidade. Atuava na programação cultural da instituição.
Nelson nasceu dia 22 de outubro de 1928, em São Paulo. Formou-se advogado em 1952. A partir dos anos 1940, trabalhou como revisor e repórter de jornais como o "Diário da Noite" e "O Tempo", em São Paulo.
Nos anos 1950, no Rio, trabalhou também no "Diário Carioca" e no "Jornal do Brasil". Mais tarde, seria professor da Universidade Federal Fluminense, de cujo curso de graduação em cinema foi fundador.

'Boca é para comer, não para sexo': Presidente da Uganda proíbe sexo oral

Foto: Reprodução / UBC
O Presidente de Uganda, Yoweri Museveni, conhecido por criminalizar a homossexualidade, criando leis anti-LGBT, proibiu a prática do sexo oral no país. De acordo com o Correio da Manhã, Meseveni culpa os estrangeiros pela banalização da prática e revelou que está preparando uma campanha, com cartazes e anúncios de televisão, contra o sexo oral. "A boca é para comer, não é para fazer sexo. Nós sabemos qual é a 'morada' do sexo, sabemos onde é que deve ir", defendeu o presidente em discurso. 

Em 2014, ano em que introduziu a lei anti-homossexual, Meseveni defendeu publicamente que a prática de sexo oral causava lombrigas e outros parasitas. Yoweri Museveni está à frente do país há mais de 30 anos.


20 de abril de 2018

Leonardo Boff e Pérez Esquivel falam da proibição de visitar o ex-presidente Lula

O teólogo Leonardo Boff aguarda na rua e sem sucesso autorização para realizar
visita humanitária ao ex-presidente Lula
/ Foto: Joka Madruga/ Agência PT
Nesta semana, o escritor e teólogo Leonardo Boff, e o ganhador do Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel, foram barrados ao tentarem visitar o ex-presidente Lula em Curitiba. A decisão partiu da juíza da 12ª Vara Federal de Curitiba, Carolina Lebbos.

Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Boff disse que a atitude da juíza é expressão do estado de exceção, vivido pelo país. "Perseguir Lula é perseguir o povo brasileiro", disse o teólogo que também comenta a situação atual política e econômica do Brasil. 

Para Esquivel, Lula é um preso político, que tentam evitar sua presença nas eleições, o que representa um ataque a democracia. 


Municípios têm queda de 13% na receita do FPM

Foto: divulgação / União dos Municípios da Bahia
Principal fonte de receita para 80% das cidades baianas, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) registrou queda de 13% no segundo decênio deste mês de abril, comparado com o mesmo período do ano anterior.
De acordo com o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), para ter uma noção, um município com coeficiente 0.6 (com até 10 mil habitantes) recebeu na segunda parcela de repasse, em abril de 2017, a quantia de R$ 78 mil. Neste ano, no mesmo período, estão sendo repassados R$67 mil.
“Essa queda brusca dificulta qualquer intenção das prefeituras em manter um planejamento ou uma gestão equilibrada”, afirma Eures Ribeiro, que é também prefeito de Bom Jesus da Lapa.
O gestor também destaca que a retração econômica afetou em cheio os municípios. “Essa receita é basicamente formada do Imposto de Renda e Imposto Sobre Produto Industrializado (IPI), quando cai o consumo e aumenta o desemprego, são os municípios que pagam a conta. Não dá pra falar em melhora da economia se nossa receita só despenca”.
O presidente da UPB já articula para maio próximo a ida dos prefeitos baianos à capital federal para fazer coro com gestores de todos os estados brasileiros na XXI Marcha à Brasília em Defesa dos Municípios.
O evento que costuma trazer conquistas às prefeituras, esta edição tem na pauta prioritária a atualização dos programas federais pelo índice oficial de inflação; o debate sobre os pisos salariais do magistério e dos agentes comunitários de saúde e combate a endemias; obras paralisadas; e no judiciário a Lei dos Royalties – 12.734/2012, que aguarda decisão do Supremo Tribunal Federal sobre liminar concedida na ADI 4917.

Copa do Brasil: Bahia x Vasco e Vitória x Corinthians


Os adversários de Bahia e Vitória nas oitavas de final da Copa do Brasil foram definidos nesta sexta-feira (20) através de sorteio realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro. Campeão da Copa do Nordeste em 2017, o Bahia vai estrear na próxima fase do torneio contra o Vasco. O Vitória vem disputando a competição desde a primeira fase e, depois de eliminar Globo, Corumbaense, Bragantino e Internacional, vai encarar o Corinthians nas oitavas de final. 
Confira todos os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil:
Chapecoense x Atlético-MG
Cruzeiro x Atlético-PR
Vasco x Bahia
Grêmio x Goiás
Corinthians x Vitória
Palmeiras x América-MG
Flamengo x Ponte Preta
Santos x Luverdense

"Lula livre!", grita Gleici, vencedora do "BBB 18", ao deixar o confinamento


A estudante de psicologia do Acre Gleici, vencedora desta edição do Big Brother Brasil 18, soube da prisão do ex-presidente Lula assim que pisou fora do reality show e não se aguentou. “Lula livre!”, gritou, antes de engrenar uma conversa com o namorado, o curitibano Wagner.
Mas, ao falar com Tiago Leifert, evitou o tom político e usou da autoajuda. “Acredite no sonho de vocês, que tudo é possível”, disse.
Esta edição do BBB foi marcada por manifestações políticas — todas de esquerda, ou ao menos contra o ora presidente Michel Temer. O bordão “Fora Temer” surgiu já no paredão de Helcimara, a Mara, primeira eliminada do programa. Ao sair da casa, Viegas também bradou contra Temer e ainda soltou um “Eita p***” ao saber da prisão de Lula, um dia antes.


Empresas são condenadas a pagar R$ 31 mi por contaminação de amianto na BA

"Houve irrefreáveis danos ambiental e ecológico provocados
 pela exploração de amianto", diz o Judiciário
Controlada pela fabricante de coberturas Eternit, a empresa Sama Minerações Associadas S.A. e a multinacional Saint-Gobain do Brasil Produtos Químicos Industriais e para Construção Ltda foram condenadas pela Justiça Federal em Vitória da Conquista, Sudoeste da Bahia, a pagarem R$ 31.423.370 por danos morais coletivos, devido à exposição de moradores da região ao amianto.
No Brasil, desde o dia 29 de novembro está proibido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) o uso do amianto do tipo crisolita em todo o território nacional. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), todas as formas e tipos de amianto são cancerígenas. Dentre as doenças que a exposição ao amianto pode causar, estão o câncer de pulmão, laringe, do trato digestivo e de ovário.
A sentença, do dia 9 de abril, se tornou pública nesta quinta-feira (19), por meio de comunicado do Ministério Público Federal (MPF), autor de uma ação civil pública contra as empresas, em conjunto com o Ministério Público da Bahia (MP-BA).
O juiz federal João Batista de Castro Júnior determina na sentença que o valor seja revertido em favor de projetos culturais, sociais e ambientais para Bom Jesus da Serra, município de 10 mil habitantes no Sudoeste da Bahia.
A Sama explorou amianto na jazida São Félix do Amianto, em Bom Jesus da Serra, entre os anos de 1940 e 1968, sendo que entre 1941 e 1950 ela atuou em parceria com a Saint-Gobain, que na época tinha o nome de Brasilit.
Na sentença, o juiz escreve que “pelo que se vê no laudo, houve irrefreáveis danos ambiental e ecológico provocados pela exploração de amianto na mina de São Félix, em Bom Jesus da Serra. Que o dano foi produzido pelas rés, não há duvida”.

Cantor serrapretense no Programa do Ratinho

Adelson Barbosa recebe troféu do programa
Adelson Barbosa, o cantor da pisadinha da Bahia, participou do Programa do Ratinho no SBT quinta-feira (20). O artista é do distrito de Bravo, mas atualmente mora em São Paulo. Adelson Barbosa cantou um de seus sucessos ao lado de sua dançarina e mandou um “alô especial para a galera do Bravo de Serra Preta”.

Em contato com nosso blog, Adelson disse que “valoriza a nossa cultura, nosso povo” e fica feliz em representar o povo que sempre lhe apoia. Disse que se tudo der certo estará no São João de Serra Preta, atendendo a promessa que o prefeito municipal, Aldinho, fez durante o Encontro dos serrapretenses em São Paulo.

Adelson Barbosa foi aprovado pelo jurado do Programa do Ratinho e faturou o troféu de participação. Nas redes sociais e grupos de whatsapp, o cantor foi muito cortejado pelos serrapretenses, que ficaram atentos na TV. Diversos vídeos da participação do cantor se espalharam pela rede.


15 de abril de 2018

Mesmo preso, Lula é líder absoluto


O brasileiro que a maioria dos eleitores pretende conduzir à presidência da República em 2018 está preso. É o que mostra a nova pesquisa Datafolha, em que Lula aparece com 31% dos votos, mais do que o dobro do segundo colocado, Jair Bolsonaro, que tem 15%. Na sequência aparecem Marina Silva, com 10%, Joaquim Barbosa, com 8%, Geraldo Alckmin, com 6%, Ciro Gomes, com 5%, Alvaro Dias, com 3%, Manuela D'Ávila, com 2%, Fernando Collor, com 1%, Henrique Meirelles, com 1%, Rodrigo Maia, com 1%, e Flávio Rocha, com 1%.
O número de Lula é menor do que o da pesquisa anterior, quando ele tinha 34%, mas pode ter sido afetado pela entrada de Joaquim Barbosa, que tem 8%, e também por toda a perseguição midiática e jurídica de que Lula tem sido alvo. Lula também supera com facilidade qualquer adversário no segundo turno, seja Bolsonaro, Alckmin ou Marina.
Os resultados, no entanto, divergem de pesquisa Vox Populi, que será divulgada nos próximos dias:
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se tornou ainda mais forte, depois de sua prisão. É o que mostram dados preliminares de uma pesquisa Vox Populi, registrada no Tribunal Superior Eleitoral e contratada pelo Partido dos Trabalhadores. Os números revelam que a prisão determinada por Sergio Moro produziu efeito contrário ao desejado. Segundo informações iniciais que chegaram a dirigentes do PT, Lula foi de 40% a 43% no voto espontâneo e de 45% a 51% no voto estimulado. Ou seja: ele venceria a disputa presidencial em primeiro turno.
A identificação com o PT também passou de 16% a 19% e a legenda continua a ser a mais forte do País, com larga vantagem em relação aos partidos mais diretamente associados ao golpe, como PSDB e MDB.
Diante da força de Lula, a estratégia da direita e dos grupos de mídia associados ao golpe, como Folha e Abril, será tentar tornar Lula invisível em suas pesquisas e no seu noticiário. Neste domingo, o Datafolha publica uma pesquisa que exclui Lula de seu cenário principal, embora nada impeça que um presidiário – sobretudo um preso político – possa disputar as eleições presidenciais. Em sua capa deste fim de semana, Veja noticia que a corrida presidencial começou agora, após a exclusão de Lula, que ainda não aconteceu, uma vez que a chapa do PT, com Lula candidato a presidente, será registrada no dia 15 de agosto.

TJ-BA condena Coração de Maria por violar sepultura e enterrar outra pessoa no lugar



O Município de Coração de Maria foi condenado a indenizar uma mulher em R$ 5 mil por violar a sepultura de sua mãe. O corpo estava enterrado no cemitério municipal. De acordo com os autos, houve omissão do Município em zelar pela manutenção e conservação da caixa onde se encontrava o corpo da genitora da autora da ação, acabando por permitir que fosse trocada a sepultura.

Ainda de acordo com os autos, a sepultura foi utilizada para enterro de outra pessoa, tempos depois da morte da genitora. A municipalidade não conseguiu comprovar para onde os restos mortais da mulher foram levados, ou que estes foram enterrados em sepultura diversa.

O Município recorreu da decisão de primeiro grau sob o argumento que não ficou comprovada a violação na sepultura. “Ora, se a apelada comprova que sua genitora fora sepultada no Cemitério Municipal de Coração de Maria, conforme consta inclusive da certidão de óbito (fls. 23), e o Município apelante não demonstra sequer onde estariam os restos mortais da falecida, não há que se falar em necessidade de perícia para comprovar o efetivo vilipêndio de sepultura. É patente que, uma vez violada sepultura, sem o consentimento da apelada, para que fossem enterradas pessoas desconhecidas, merecida a compensação pelo dano moral sofrido, porquanto presumível o abalo suportado”, diz trecho do acórdão, relatado pela desembargadora Ilona Reis, da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Para a relatora, a responsabilidade do Município só seria excluída caso ficasse demonstrado que a culpa fosse exclusivamente da vítima. A desembargadora ainda afirmou que o valor da indenização, de R$ 5 mil, é suficiente para garantir reparação aos danos sofridos pela autora da ação.



14 de abril de 2018

Brasil vive ‘ditadura camuflada’, afirma Rui ao falar sobre prisão de Lula

Foto: Reprodução/ TV AL-BA
O governador Rui Costa (PT) fez um discurso inflamado em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta sexta-feira (13), e falou em “ditadura camuflada” no Brasil durante a sessão especial convocada em homenagem ao petista, preso em Curitiba, convocada pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel (PSD). “O nosso país tem um lugar muito especial entre todos os país do mundo. Nossa luta foi para construir e é para construir esse país. Hoje, a tarefa nossa é mais complexa. Se é uma ditadura militar, basta todos denunciarem, é muito explícito. Hoje, ela é mais camuflada”, bradou. 

O governador ainda fez uma avaliação do estilo de gestão do ex-presidente. “Lula nunca foi um comunista, um revolucionário, um radical. Na essência, ele governou por oito anos, sendo um conciliador, buscando unir o Brasil”, afirmou.


Termina amanhã prazo para pedir isenção na taxa de inscrição do Enem


Carlos Alexandre Carneiro Vaz, morador do Distrito Federal, trabalha como zelador durante o dia e pizzaiolo à noite. Ele tem um sonho antigo: fazer faculdade de enfermagem. Para isso, vai fazer neste ano o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para tentar uma vaga no ensino superior.

“Isso já vem dos meus pais, que não conseguiram e tentaram que eu fizesse, mas não dei conta também quando era jovem, por que as oportunidades foram poucas. Mas agora surgiu essa oportunidade, e estou agarrando com unhas e dentes”, disse Carlos.

Por ter estudado em escola pública e ter renda familiar per capita de menos de um salário mínimo e meio, ele já pediu a isenção da taxa de inscrição no Enem, que custa R$ 82. “Para mim ia ficar caro pagar essa taxa. Tenho três filhos, aí fica pesado”, diz.

O prazo para pedir a isenção da taxa de inscrição no Enem termina às 23h59 de amanhã (15), pelo horário de Brasília. O benefício pode ser solicitado na página do Enem.

O resultado da solicitação será divulgado no dia 23 de abril, e os candidatos que tiverem o pedido negado terão até o dia 29 de abril para apresentar recurso da decisão. Quem teve isenção concedida no ano passado e faltou aos dois dias de prova terá que justificar a ausência para ter a gratuidade novamente.

Mas atenção: o pedido de isenção não garante a inscrição no exame. Todos os interessados em fazer o Enem 2018, isentos ou não, também deverão fazer a inscrição entre os dias 7 e 18 de maio.

Quem tem direito à isenção:

- Quem está cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública;
- Quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
- Quem declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).


13 de abril de 2018

Prefeito anuncia “pacote de obras” para Serra Preta

Prefeito Aldinho assina convênio na presença do governador Rui Costa
Foto: facebook de Rogério Serafim
Em discurso no encontro dos serrapretenses em São Paulo no último sábado (07), o prefeito de Serra Preta, Aldinho, já tinha apontado que muitas obras seriam realizadas no município este ano. Nesta sexta-feira (13), o prefeito publicou em sua rede social a lista das obras que começaram a ser executada.

Segundo Aldinho, “através da nossa articulação com o governador Rui Costa e os deputados Alan Castro e Bacelar”, foi possível trazer para Serra Preta um “pacote de obras”. O investimento é de cerca de 4 milhões de reais em convênio com o governo do Estado.

Junto com o governador Rui Costa, o prefeito Aldinho contou com a participação dos secretários Hélio (Sedruma) e Dernilton (Sedu). Os vereadores Magno Souza, Vomildo, Mário Gonçalves e Eliúde Miranda estivem presentes no ato solene.


Delegado desaparece durante viagem de carro para Vitória da Conquista


O delegado Marco Antônio Torres, titular da Delegacia de Barra da Estiva, no sudoeste baiano, está desaparecido. De acordo com a 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior, que tem sede em Brumado, ele foi visto pela última vez na tarde de quinta-feira, 12, quando deixou o município.
O delegado iria para Vitória da Conquista, mas não chegou na cidade até a manhã desta sexta. Marco Torres conduzia uma Hilux branca de placa PKV-3845. Policiais realizam rondas na região para tentar localizar o delegado.

Unicef: mais de mil crianças foram sequestradas na Nigéria desde 2013


Mais de mil crianças foram sequestrados na Nigéria pelo grupo jihadista Boko Haram desde 2013, incluindo 276 meninas raptadas em sua escola em Chibok, em 2014, denunciou hoje (13) o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).
Em comunicado emitido em Abuja ao se completar no próximo ano quatro anos do sequestro das meninas de Chibok de um colégio de educação secundária, o Unicef exigiu a liberdade de "mais de cem" que ainda "têm que retornar para suas famílias".
"O quarto aniversário do sequestro de Chibok nos lembra que as crianças no nordeste da Nigéria continuam sendo atacadas em uma escala assustadora", afirmou o representante do Unicef na Nigéria, Mohammed Malick Fall.
O ataque a uma escola da cidade de Dapchi em fevereiro passado, que acabou com o sequestro de 110 meninas, das quais mais de cem foram libertadas em março e cinco foram dadas como mortas, é "a última indicação de que há poucos lugares seguros para as crianças no nordeste (do país)", segundo a nota.
"Estes ataques repetidos contra crianças em escolas são inadmissíveis. As crianças têm direito à educação e proteção, e a sala de aula deve ser um lugar no qual estejam a salvo", assegurou Fall.
O Unicef ressaltou que, desde que o conflito do Boko Haram explodiu no nordeste da Nigéria há quase nove anos, pelo menos 2.295 professores foram assassinados e mais de 1.400 escolas foram destruídas, a maioria das quais não puderam reabrir.

10 de abril de 2018

Justiça impede comitiva de governadores de visitar Lula na prisão

“Estamos aqui para prestar solidariedade ao maior presidente da história do Brasil", disse Rui Costa
Duas vans com nove governadores que pretendiam fazer uma visita à Lula chegaram à superintendência da Polícia Federal em Curitiba na tarde desta terça-feira (10). A comitiva chegou a entrar na sede da PF, mas não pode visitar o ex-presidente. No início da tarde, a juíza federal substituta Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal, negou o pedido de visita.
“Eu fiquei surpreso com o fato de não termos conseguido que o ex-presidente Lula tivesse um direito respeitado, assegurado na Lei de Execuções Penais. Infelizmente mais uma decisão inexplicável, que foi tida como uma espécie de privilégio”, disse o governador do Maranhão, Flávio Dino.
Segundo a presidente do PT, a senadora Gleisi Hofmann, com a visita negada, os governadores fizeram uma carta que será entregue a Lula:
“Foi uma demonstração de respeito, de carinho. Infelizmente um direito foi tido como privilégio, o que a gente acha inexplicável. E a carta foi um gesto muito bonito que eu acho que o Lula vai ficar bem feliz”, disse.
O governador da Bahia, Rui Costa, reforçou o apoio ao ex-presidente: “estamos aqui para prestar solidariedade ao maior presidente da história do Brasil… porque ele não cometeu nenhum crime, não tem prova alguma”, afirmou.
Participam do movimento os governadores Waldez Góes (PDT), do Amapá; Tião Viana (PT), do Acre; Renan Filho (MDB), de Alagoas; Camilo Santana (PT), do Ceará; Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão; Ricardo Coutinho (PSB), da Paraíba; Wellington Dias (PT), do Piauí; Paulo Câmara (PSB), de Pernambuco; e Rui Costa (PT), da Bahia, além dos senadores Lindbergh Farias (PT), Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (MDB).

Prefeito nomeia filho para secretaria e MP-BA pede anulação

Prefeito Aldinho e seu filho Igor Almeida
O Ministério Público da Bahia (MP-BA) expediu uma recomendação ao prefeito do município de Serra Preta, cidade a 155 km de Salvador, Rogério Serafinm Vieira de Souza (PTN), para que anule a nomeação do seu filho, Ígor Almeida Souza, do cargo de secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, no prazo de 30 dias.

De acordo com o promotor de Justiça Tiago Quadros, Ígor Almeida é estudante de uma graduação, e não tem a comprovação de qualquer experiência em Gestão Pública, o que “evidência a ausência de qualificação técnica para o exercício da função de secretário municipal".

O promotor ainda ressalta ainda a "inegável motivação de sua nomeação, o fato de ser filho do atual gestor municipal, o que viola flagrantemente o princípio da impessoalidade”.

Portal A TARDE entrou em contato com o gabinete do prefeito, entretanto ele não se encontrava no momento.


Prefeito diz que não foi notificado, mas tomará a melhor decisão para o município

Em entrevista de campanha, Aldinho admitiu corrigir falhas se preciso for
Todos sabem a luta que foi para superar uma oligarquia, que 30 anos exercia hegemonia local. Vícios e possíveis irregularidades eram tratados como algo normal. 

Quem acompanha o blog sabe do nosso compromisso com o interesse público. Queremos que a gestão do prefeito Aldinho seja a melhor, que atenda o básico possível, mesmo sabendo da queda de receita. Que as obras sejam concluídas, que a Cultura, Educação, Saúde e políticas inovadoras sejam realizadas discutindo com o povo.

Igor Almeida foi um dos coordenadores mais ativo para que a mudança acontecesse. Estava no dia a dia na oposição desde a campanha de Angélica. Na última eleição, seu pai foi escolhido com o candidato da oposição e derrotou o chamado 'grupo do atraso'. Acreditando na súmula 13, nomeou Igor Almeida para a Secretaria de Obras, que muitos elogiaram a frente da pasta. Porém, o entendimento judicial tem relativizado a súmula. Critérios como capacidade técnica reconhecida ou servidor de carreira são levados em consideração no entendimento judicial - o que achamos bom.

Até agora, o que a imprensa divulgou foi uma recomendação do Ministério Público. Em contato, o prefeito nos informou que não foi formalmente notificado, mas tomará a melhor medida, visando os princípios administrativos. 

Matéria Relacionada

Na campanha, Aldinho admite corrigir erros. Assista!


Encontro em São Paulo reúne serrapretenses

O organizador do evento, Edy Azevedo, fala da importância do encontro 
As atenções de muitos serrapretenses estiveram voltadas para o Estado paulista no fim de semana passado. Sábado (07), centenas serrapretenses realizaram mais um encontro cultural em São Paulo. O encontro tem como objetivo principal a confraternização entre os conterrâneos e a troca de experiências.

Diversas municípios já promovem encontros semelhantes em várias cidades e capitais. O Encontro dos serrapretenses em São Paulo começou a ganhar forma com a edição do primeiro evento em 2009, organizado pelo servidor público Alex Matos. Este ano, o encontro aconteceu em Tabuão da Serra no espaço de eventos Canecão, organizado pelo produtor cultural Edy Azevedo e amigos.

Além do bom papo entre os participantes, alguns artistas de Serra Preta, que moram em São Paulo, fizeram apresentações musicais, como Adelson Barbosa, Val Cazé e Joãozinho. A poesia regional ficou por conta do músico, poeta e compositor Deni Santana, que relembrou a cultura e o povo de Serra Preta em suas diferentes localidades.

Serrapretenses, que moram em São Paulo, comemoram a presença do prefeito Aldinho
Outra novidade ficou por conta da presença do prefeito Aldinho. É a primeira vez que um prefeito de Serra Preta prestigia o evento. Através da rede social, o prefeito qualificou o encontro como "brilhante" e parabenizou os organizadores "por nos proporcionar esse momento de confraternização com os que estão longe de nossa terra", escreveu.

O secretário de Saúde Sérgio Moreira, o secretário de Obras Igor Almeida, o agente cultural Roni (Bilulinho), a primeira-dama Renilda Leite, o professor Mário Ângelo, o comerciante Eloilson Carneiro e o empresário Marcos MC integraram a comitiva que saiu direto da Bahia. "Acompanho este movimento social desde a sua tentativa de firmar como um ato crucial para o município. Acredito que a tendência é só crescer", avaliou o professor Mario Ângelo.

Lembranças e emoções

Prefeito fazendo selfie com o serrapretenses
Mesmo encerrado o evento, as redes sociais potencializam as lembranças através de fotos e vídeos do evento. Comentários saudosistas se espalham por toda a rede. Quem participou diretamente exalta a importância e a emoção de reencontrar amigos de longas datas. Para os que acompanham virtualmente, a emoção não parecem ser diferente.

"Quando eu morava em São Paulo ficava alegre quando encontrava com um conterrâneo. Imaginem encontrar mais de 500 e ainda o prefeito da cidade e equipe de governo", comentou Joilson Queiroz no facebook. "Parabéns ao prefeito Professor Aldinho! Sempre valorizando a nossa terra! Onde tem Serra Preta, tem Aldinho!", escreveu o professor Durval Cerqueira.

Durante o encontro, o prefeito foi chamado ao palco, onde agradeceu o convite e fez um balanço do seu governo. Garantiu que trabalhará com vontade até o último dia da sua gestão e anunciou pavimentação e a construção de cinco barragens em parceria com o governo do Estado. O prefeito Aldinho ficou surpreso com o grau de informação que os serrapretenses, mesmo distantes, possuem do município. "Fico feliz em saber que nossos irmãos aqui em São Paulo sabem de tudo que acontece em Serra Preta pelas redes sociais", falou durante o evento ao nosso blog.

O músico, poeta e compositor Deni Santana (camiseta rosa) marcou presença no evento
Quase unânime, os participantes elogiaram o campeonato municipal e disseram que até aposta em resultados eles fazem. "Luciano (presidente da LDSP) é muito organizado e coloca tudo na rede em quase tem real. A gente também sempre acompanha os blogs do município" garantiu o ex-jogador Laelton, que atualmente mora na capital paulista. Vando Sodré aproveitou a ocasião para solicitar do prefeito uma homenagem ao seu pai que muito colaborou com o município. O prefeito se comprometeu a nomear a rua onde seu Mané da Esteira morou por toda a vida e marcou épocas de ouro no distrito de Bravo.

Serra Preta está distante de São Paulo a quase 2 mil quilômetros, mas o encontro dos serrapretenses em São Paulo provou que o amor a terra nordestina e a paixão pelas origens não se acabam com a separação geográfica. Muitos que no Estado paulista se encontram estão por lá há mais de 30 anos, mas cheiro da roça e a vida simples dos pequenos povoados de Serra Preta parecem ser eternos. Até o próximo ano.

Matérias Relacionadas
I Encontro dos Serrapretenses em São Paulo

LEIA TAMBÉM